História

Uma história que se mistura com a do Rio de Janeiro

Situada na Rua Macedo Sobrinho, no bairro do Humaitá, a Casa de Saúde São José é uma das instituições de saúde mais antigas da cidade. Para contar sua história, voltamos a 16 de junho de 1897, quando chegaram ao Brasil as quatro primeiras Irmãs da Congregação de Santa Catarina, fundada por Madre Regina Protmann, em 1571, na Alemanha. Madre Regina abandonou todo o conforto familiar para se dedicar aos doentes domiciliares e à educação dos jovens, criando a 1ª Congregação com vida ativa da Igreja Católica.

Ao chegarem ao Brasil, as quatro Irmãs se instalaram em Petrópolis e começaram ali o Colégio Santa Catarina. Enfermeiras por formação, em 1915 foram para o Rio de Janeiro trabalhar no Hospital São Francisco de Paula, onde ficaram durante seis anos. Depois, decidiram alugar uma casa na rua D. Carlota, para atender os pobres. Em 1922, para melhorar as condições de atendimento, decidiram montar uma casa de saúde própria.

Assim, em 1923,  foi fundada a Casa de Saúde São José, em um terreno com uma casa na rua Macedo Sobrinho, número 21, adquirida da família do Marechal Bittencourt, um dos herdeiros da tradicional família Guilhobel, e concebida com o objetivo inicial de dar abrigo a idosos e doentes graves sob a proteção de São José, padroeiro das famílias. Logo, a Instituição conquistou o respeito de médicos e pacientes e a procura pelos serviços aumentou gradualmente, tornando-se já necessário ampliar a capacidade de atendimento.

 

Tecnologia, segurança e conforto

A Casa de Saúde São José é um dos mais renomados hospitais do país. A instituição possui um corpo clínico composto pelos mais qualificados e experientes médicos da cidade do Rio de Janeiro.  Com atendimento em aproximadamente 30 especialidades, a instituição ainda trabalha com cirurgias minimamente invasivas.

Para dar suporte aos procedimentos de alta complexidade, conta com Unidades de Tratamento Intensivo especializadas, como CTI Adulto, CTI Neonatal, Unidade Semi-Intensiva, Unidade Semi-Intensiva Pós-operatória, Unidade de Hemodinâmica e Unidade Coronariana. Sua infraestrutura inclui ainda um Centro de Diagnóstico por Imagem e uma Emergência 24 horas que oferece atendimento em Cardiologia, Clínica Médica, Ortopedia, Obstetrícia, Neurologia, Neurocirurgia, Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Urologia e Cirurgia Cardíaca.

 

Comitês e Comissões

Os comitês e comissões são uma maneira de preservar a boa prática, dar mais segurança ao paciente, estabelecendo limites e deveres, além de serem importantes canais de auxílio à gestão da CSSJ.

 

COBI: a responsabilidade na tomada de decisões

No dia a dia de todo grande hospital, dilemas éticos surgem a todo momento. Temas como reprodução humana, cirurgia fetal, transplantes de órgãos, reanimação e direito de morrer fazem parte da realidade dos profissionais da Saúde. Para acompanhar, discutir e orientar sobre assuntos tão delicados, a Casa de Saúde São José é o primeiro hospital particular do Rio de Janeiro que mantém um Comitê de Bioética, o COBI, que pode ser convocado rapidamente em qualquer situação delicada ou de urgência. A comissão é interdisciplinar, formada por profissionais de diferentes áreas – Medicina, Enfermagem, Psicologia, Direito, Serviço Social, Teologia, Comunicação e Administração –, que acompanham os casos de perto até a conclusão.

 

CEP: a troca de experiências pela Ética

O Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) é uma representação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) – órgão do Governo Federal – dentro do hospital. O Comitê é multidisciplinar e conta com a atuação de profissionais da área da Saúde, com formações diversas, e representantes da comunidade. O CEP avalia protocolos de pesquisa envolvendo pacientes, com importante papel consultivo e educativo em questões de ética. Cabe ao Comitê emitir pareceres sobre os projetos de pesquisa apresentados, primando pelos princípios da impessoalidade, eficiência e transparência. O grupo orienta e acompanha as pesquisas, fornece material consultivo aos pesquisadores, estimula a troca de experiência por meio do contato com outros CEPs e da participação dos profissionais em congressos, fóruns, seminários e iniciativas de formação continuada.

 

A qualidade do exercício profissional

A conduta dos profissionais faz toda a diferença quando colocamos o paciente no centro do cuidado. Para evitar casos de imprudência, imperícia, infrações e má prática, o hospital conta com as Comissões de Ética Médica e de Enfermagem, formadas por representantes do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (CREMERJ) e do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (COREN-RJ). Os registros podem ser encaminhados por profissionais da Saúde, familiares ou pacientes, e são acompanhados de perto pela direção.