História

Uma história que se mistura com a do Rio de Janeiro

Situada na Rua Macedo Sobrinho, no bairro do Humaitá, a Casa de Saúde São José é uma das instituições de saúde mais antigas da cidade. Para contar sua história, voltamos a 16 de junho de 1897, quando chegaram ao Brasil as quatro primeiras Irmãs da Congregação de Santa Catarina, fundada por Madre Regina Protmann, em 1571, na Alemanha. Madre Regina abandonou todo o conforto familiar para se dedicar aos doentes domiciliares e à educação dos jovens, criando a 1ª Congregação com vida ativa da Igreja Católica.

Ao chegarem ao Brasil, as quatro Irmãs se instalaram em Petrópolis e começaram ali o Colégio Santa Catarina. Enfermeiras por formação, em 1915 foram para o Rio de Janeiro trabalhar no Hospital São Francisco de Paula, onde ficaram durante 6 anos. Depois, decidiram alugar uma casa na rua D. Carlota, para atender os pobres. Em 1922, para melhorar as condições de atendimento, decidiram montar uma casa de saúde própria.

Assim, em 1923,  foi fundada a Casa de Saúde São José, em um terreno com uma casa na rua Macedo Sobrinho, número 21, adquirida da família do Marechal Bittencourt, um dos herdeiros da tradicional família Guilhobel, e concebida com o objetivo inicial de dar abrigo a idosos e doentes graves sob a proteção de São José, padroeiro das famílias. Logo, a intituição conquistou o respeito de médicos e pacientes e a procura pelos serviços aumentou gradualmente, tornando-se já necessário ampliar a capacidade de atendimento.

 

Tecnologia, segurança e conforto

Hoje a Casa de Saúde São José é um dos mais renomados e bem aparelhados hospitais do país. Moderno, confortável e equipado com tecnolocia biomédica de última geração, possui um corpo clínico composto pelos mais qualificados e experientes médicos da cidade do Rio de Janeiro.  Com atendimento a aproximadamente 30 especialidades, a Instituição ainda trabalha com cirurgias minimamente invasivas. São cerca de 300 partos e 2 mil cirurgias por mês.